BEM VINDOS À POESIA


domingo, 13 de agosto de 2017

Paizão!

Sabe pai,

faltou tempo pra dizer deste amor
que permanece ainda aqui dentro,
mesmo nunca precisando  palavras...
Bastando um olhar  para entendê-lo...

Mas ainda é possível as lembranças
De tudo que me ensinastes.
Carrego vida a fora
todo o aprendizado...

Lembro das nossas conversas
De um amor sem promessas
Do respeito mútuo
e de tanto calor neste mundo...

Nunca esqueci suas palavras
de força e sabedoria
Nem esqueci as cenas
das nossas tardes felizes...

Agora vou levando a vida
entre sonhos e saudade,
mas sem nunca esquecer:
Manter os pés no chão
é viver felicidade...

Su Simon

sábado, 12 de agosto de 2017

360º

Ao longe uma pequena ilha
e o desejo de aportar lá foi crescendo!
A praia, o mar, a ilha...

Um louco e um par de remos!
Um caiaque dançando sobre as ondas...
Bora lá remar...

Primeira vez!
e a sensação de perigo,
aconteceu de novo...

Como sempre acontece
Quando se é a primeira vez
de qualquer coisa!

"Eu no comando?" Impensável cena!
Vencer meus medos? Ariscar?
Arrisquei...

Sentir a força do vento
e aprender que é ele quem ditava a rota...
Ou a força necessária para a travessia...

O mar: calmaria! O coração: adrenalina!
Ida tranquila... Volta sob pressão...
Quanta tensão!

Por pouco não tomei um capote...
Remei contra o vento... (Que absurdo!)
Quem disse que vento obedece a gente?

Girei em torno de mim mesma...
Uau! Que visual tremendo!
Girar no mar 360º!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

THANKS

Thank you for visiting ...
come back soon!...